domingo, 29 de janeiro de 2017

Vem criança

Nasce uma criança
Nasce uma mãe
Nasce um pai
Nasce avó, avô, titios, primos
Nasce amor
farto
gratuito
inédito
e bobo
que faz careta, voz fina e gugu-dadá

Vem criança
aqui nesse mundinho
você tem lugar
Vem criança
Vem que a gente precisa
do seu olhar para se encantar
do seu toque para atenuar
da sua risada para aliviar
da sua vida pra poetizar

Você é bem vinda, minha pequena
Você faz o amor se multiplicar


[Para a minha sobrinha Manuela. Pois é, eu sou titia dela.]

Nenhum comentário: